ESUP1

Explore a página da Direção-Geral do Ensino Superior onde encontrará todas as informações relativas ao acesso às diferentes modalidades do ensino superior.

 

Página da Direção-Geral do Ensino Superior [clique na imagem para aceder]

 

ESUP2

Ao clicar no link, surge a imagem que se apresenta acima. Aqui, podem ser explorados todos os cursos de ensino superior existentes em Portugal. Convém analisar os planos de estudo dos cursos, e os programas das Unidades Curriculares [designadas antigamente por disciplinas ou «cadeiras»] de modo a ficar com o máximo de informação sobre aquilo que se vai estudar. Muitas vezes, aquilo que pensamos que se estuda num determinado curso não corresponde à realidade. Por outro lado, em cada curso e em cada semestre, existe um conjunto de Unidades Curriculares obrigatórias e um leque de opções que convém analisar cuidadosamente.

Com exceção de alguns cursos, podemos realizar uma licenciatura numa área e depois realizar uma pós-graduação, mestrado ou doutoramento noutra área completamente diferente. Ou seja, a formação inicial não determina o percurso posterior.

Comece por explorar a barra inicial da página. Ao clicar em Acesso ao Ensino Superior, escolha FAQ’S (Perguntas frequentes), e explore os quatro menus que estão disponíveis, tal como pode verificar na imagem que se segue. Clique em cada uma das setas do lado direito e encontra informação sob a forma de resposta a questões.

ESUP3


Dadas as diferenças que existiam entre os sistemas de educação e formação na Europa, era difícil obter o reconhecimento de qualificações obtidas num país para procurar emprego ou candidatar-se a um curso noutro país. A partir do Processo de Bolonha, existe maior compatibilidade entre os sistemas de ensino o que facilita a mobilidade dos estudantes e dos candidatos a emprego na Europa.

Ao mesmo tempo, as reformas de Bolonha contribuem para reforçar a competitividade das universidades europeias e torná-las mais atrativas a nível internacional. O Processo de Bolonha também apoia a modernização dos sistemas de educação e formação, de modo a garantir que estes respondam às necessidades da evolução do mercado de trabalho. Este objetivo é particularmente importante face ao aumento de empregos que requerem qualificações elevadas e da procura de inovação e empreendedorismo.

Se quiser saber mais sobre o Processo de Bolonha e o Espaço Europeu do Ensino Superior, consulte a página http://ec.europa.eu/education/policy/higher-education/bologna-process_pt [clique no link]